sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Nosso cantinho... minha história!

Hoje eu quero inaugurar uma parte nova no meu blog, uma parte onde quero dividir um pouco com vocês a minha nova experiência na maternidade, minhas furadas e acertos... não que o blog vá se transformar única e exclusivamente em assuntos maternos mas acho bacana conversarmos sobre isso as vezes!

Nosso cantinho...

Eu esperei toda minha gestação para contar a minha história para vocês, estou na reta final (36 semanas) e agora me sinto confortável em fazer isso, não está entendendo nada, né?! Calma... hoje vou desabafar com vocês e dar esperança para novas e futuras mamães!

Eu nunca fui uma pessoa sonhadora, mas sempre me imaginava com a minha família cedo, porque achava bacana ter filho nova para poder aproveitar bastante e ter muito pique. Sendo assim logo que casei decidimos tentar engravidar... por certa inocência achamos que tudo ia acontecer logo, mas não foi assim não. Depois de 1 ano tentando começamos a fazer os exames específicos para fertilidade e nada, o médico da época queria já fazer inseminação artificial ou fertilização, mas nós resistimos a princípio. E aí começou a nossa luta por um médico que nos explicasse melhor a situação, nos desse pelo menos um diagnóstico... passei por várias "mãos", milhares de exames, remédios, orações, terapia, simpatias... e nada de dar certo. Até que depois de mais de 3 anos nessa luta encontramos um médico que simplesmente olhou os exames anteriores e fez o diagnóstico, eu tinha um enovelamento nas trompas o que dificultaria muito engravidar naturalmente. A nossa única opção era fazer uma fertilização in vitro (FIV), e lá fomos nós... mas não deu certo. Foi um dos momentos mais difíceis da minha vida, eu desabei... perdi meu chão.

Decidi me restabelecer psicologicamente para fazer outra tentativa... mais de um ano de passou até tomar coragem novamente. Nesse meio tempo assim como todas as "tentantes" tive que aprender a lidar com pessoas que me perguntavam o tempo todo quando eu iria ter um bebê, porque eu não tinha ainda, me julgavam se eu estava fazendo a coisa certa, me davam diagnósticos e me cobravam muito... não foi fácil. Outra coisa que intrigava muito as pessoas era o fato de eu trabalhar com crianças, e posso afirmar com toda certeza para vocês que isso nunca me atrapalhou e nunca me incomodou... eu realmente sentia que estava fazendo algo pelo filho de alguém, já que ainda não estava fazendo pelo meu e isso sempre me satisfazia.

Bom... já que tanto tempo tinha passado resolvemos encarar outra FIV, fomos ao médico, fiz novos exames e estava com a compra da medicação agendada, e quando estava esperando o primeiro dia da minha menstruação para oficialmente iniciar o procedimento, esse dia não chegava e só atrasava... meu marido insistindo muito para eu fazer um teste de gravidez mas eu achava aquilo impossível (já que o próprio médico tinha dito que a nossa chance de engravidar naturalmente era de 1%), tinha medo de olhar aquele exame negativo novamente e me frustrar mais uma vez logo agora que tinha me restabelecido... mas depois de 10 dias eu fiz e foi para a nossa grande surpresa e alegria se formaram aquelas duas listras do exame na minha frente. Eu entrei em pânico, queria ver um médico naquela hora, queria fazer um exame mais real, comecei a gritar em casa... fomos ao médico e lá pude fazer um ultrassom que mostrou aquela bolinha linda em preto e branco!!!!! Graças a Deus eu tive uma gestação tranquila, sem grandes turbulências... somente com sintomas normais como enjoo, sono, cansaço, etc... 

Por esse motivo o blog deu uma parada nos últimos meses, eu queria viver intensamente todo o processo e etapas da minha gestação, mergulhei de cabeça em todos os "projetos" como enxoval, chá de bebê, decoração do quarto, lembrancinhas, etc. Por diversas vezes quis parar com o blog e me dedicar exclusivamente para a minha filha, mas sei que iria me arrepender depois e que o meu trabalho era e vai ser muito importante para nós duas, e é por isso que vou aos poucos tentar voltar ao meu ritmo de postagens e dicas para vocês, agora com o coração muito mais calmo e tranquilo, mas com as poucas horas de sono que virão pela frente... mas posso afirmar uma coisa para vocês... eu nunca estive tão feliz e completa na minha vida!!!! 

Esse post é dedicado as queridas leitoras que passaram por situações parecidas e para as amigas tentantes... tudo vale a pena, todo cansaço, choro, exames, dores, ganho de peso, medicação... já quase nem lembro de como foi ruim na época! Uma boa sorte e tenham sempre fé e confiança!!!!

2 comentários:

  1. Parabéns pela sua bebê. Leio sempre seu blog e fico feliz por você estar vivendo este momento tão especial.

    Um bom parto, que sua vida se alegre ainda mais com o nascimento dela.

    Um beijo.

    Kelly

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela sua bebê. Leio sempre seu blog e fico feliz por você estar vivendo este momento tão especial.

    Um bom parto, que sua vida se alegre ainda mais com o nascimento dela.

    Um beijo.

    Kelly

    ResponderExcluir